Campanha: Respeito pelo Refúgio em Igrejas!

ENG          DEU          POR

A polícia alemã abriu um inquérito contra o pastor Rodrigo e Thomas, dois dos nossos líderes. Eles estão sendo investigados sob suspeita do crime de ajudar imigrantes ilegais. Isso é porque eles assinam todas as correspondências relacionadas com o nosso projeto “Refúgio na Igreja” (Church Asylum), que protege refugiados que enfrentariam situações desumanas, tortura e até mesmo morte, se deportados para seus países de origem.

Cerca de 300 igrejas na Alemanha estão oferecendo essa proteção para refugiados em risco de deportação. Nós apreciamos que o Serviço Federal de Imigração e Refugiados da Alemanha assumiu um compromisso de não contestar esta prática e de trabalhar em colaboração com as igrejas oferecendo refúgio. No entanto, o inquérito policial que sofremos vai totalmente contra esse compromisso.

Se processados e condenados, pastor Rodrigo e Thomas podem ser punidos com multa ou até mesmo sentenciados à prisão. Isto não pode acontecer! O Refúgio em Igrejas não pode ser criminalizado. Estamos solicitando "Respeito pelo Refúgio em Igrejas" e fazendo três exigências para as autoridades competentes:

1. Fechem o caso! Pastor Rodrigo e Thomas não são criminosos, eles são simplesmente parte de uma igreja que, como muitas outras, estão mostrando o amor de Jesus e ajudando os necessitados (inclusive refugiados).

2. Uma confirmação pública da polícia de que eles seguirão a prática do Serviço Federal de Imigração e Refugiados da Alemanha, tolerando os refúgios em igrejas e não abrindo mais processos contra outros líderes de igrejas.  

3. Uma reafirmação pública do Serviço Federal de Imigração e Refugiados da Alemanha de que eles continuarão a tolerar a prática de refúgio em igrejas, trabalhando em cooperação com as igrejas oferencendo essa proteção.

Precisamos da sua ajuda para defender nossos llíderes e esta causa!

ASSINE!

Assine a petição online e posicione-se lado a lado conosco na exigência por “Respeito pelo Refúgio em Igrejas”. A petição será posteriormente encaminhada para as autoridades competentes.

Clique aqui para assinar a petição online.

DIVULGUE!

Ajude-nos a divulgar esta campanha falando com seus familiares e amigos, compartilhando nosso vídeo-divulgação  e curtindo a nossa página no facebook.

Clique aqui para nos achar no Facebook.

Clique aqui para assistir nosso vídeo-divulgação. 

APOIE!

Apoie-nos com suas orações,  mensagens de apoio e contribuições. Assim você estará nos encorajando a continuar e a expandir nosso ministério, inclusive para com os refugiados.